“Os Parajasc são referência para o Brasil”

0
718

     Quando a cerimônia de abertura da 14ª edição dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) começar na quarta-feira, dia 10, na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul, iniciará não somente uma competição esportiva do calendário oficial da Fesporte, mas um evento que é referência para o Brasil.

     Quando os Parajasc começaram, em 2005, em Chapecó, em sua primeira edição, Santa Catarina saiu na vanguarda em relação aos demais estados brasileiros, pois foi o primeiro a possibilitar que o atleta com deficiência intelectual participasse de competições esportivas.

     Hoje, passados 14 anos da primeira edição, o evento é um modelo para vários estados. “Recentemente estivemos no Rio de Janeiro, na sede do Comitê Olímpico do Brasil (COB), e os dirigentes nos disseram que os Parajasc, assim como outros eventos esportivos catarinenses, são referência para o Brasil”, explica a professora Natália Lúcia Petry, presidente da organizadora do Parajasc, a Fesporte.

     Natália destaca ainda que na passagem pelo Rio de Janeiro, ainda no COB, conheceu os dirigentes do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e que também destacaram a vanguarda de Santa Catariana no paradesporto. “Às vezes, quem está de fora, não tem a dimensão da força de Santa Catarina no Brasil no âmbito do esporte. Instituições como COB e CPB sempre enaltecem nossa forma de fazer esporte e nossa política pública no setor; e, para nós, que estamos à frente deste processo, é gratificante. Serve como estímulo para continuarmos trabalhando em prol do esporte catarinense”, concluiu Natália Lúcia Petry.

Em Jaraguá serão 11 modalidades esportivas

     Nesta edição dos Parajasc serão 1.720 atletas de 46 municípios disputando 11 modalidades: atletismo, basquete, bocha paralímpica,  bocha rafa vollo, ciclismo, futsal, goallball, handebol, natação, tênis de mesa e xadrez. No dia seguinte, 11 de setembro, começam as competições.

     A cerimônia de abertura será dia 10 às 19h30 na Arena Jaraguá. No mesmo dia, pela manhã, está reservado para o início da classificação funcional dos atletas, em que uma equipe especializada faz uma análise completa dos participantes definindo o grau de deficiência em que eles se encaixam nas modalidades em que participarão.

     Essas avaliações funcionais serão feitas tendo como parâmetros as deficiências física (DF),visual (DV), intelectual (DI) e auditiva (DA). Os Parajasc, em sua etapa Estadual, são uma realização do Governo de Santa Catarina, por meio da Fesporte, em parceria com a prefeitura de Jaraguá do Sul.

Texto: Antonio Prado

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here