Natação para vencer os adversários, as dores e o tempo

0
163
Nadia faz da natação uma aliada contra a doença e um estímulo para viver bem (Foto: Heron Queiroz)

Por Heron Queiroz

Com 60 anos de idade e uma boa experiência em natação, Nadia Amato, de Joinville, já coleciona mais de uma centena de medalhas em competições de paradesporto e de circuito de águas abertas. Ela participou de todas as edições dos Jogos Abertos Paradesportivos de Santa Catarina (Parajasc) e perdeu as contas de quantas vezes subiu ao pódio. “Nos seis primeiros anos de Parajasc, sempre conquistei ouro, e, com o tempo, e a queda natural de rendimento, ganhava também prata e bronze, mas sempre tive medalhas”, disse a nadadora.

Nadia teve poliomielite aos nove meses de idade. Aos cinco anos, depois de fazer tratamento em São Paulo, começou a andar. A natação aparece desde a infância, em função da doença, e passou a ser mais que uma terapia, mas um objetivo de vida, focada em treinos e competições. Aos 30 anos, porém, ela trocou a natação pelo voleibol, atividade que durou seis anos. Depois disso, ela volta em grande estilo para a natação, participando da 1ª Travessia da Baía da Babitonga, em São Francisco do Sul, prova de 4 km, conquistando o bronze na categoria. Até 2010, ela competiu em travessias de mar aberto.

Há cinco anos, Nadia foi diagnosticada com síndrome pós-poliomielite, doença que, dentre outros sintomas, apresenta enfraquecimento muscular, dores nas articulações e cãibras. Sem tratamento específico, agora, mais do que nunca, a natação é a principal aliada de Nadia para manter as condições de saúde e o mesmo entusiasmo no olhar de vencedora. Para isso, ela segue treinando na Escola de Natação C3, com o professor Marcos Dutra.

“Quero nadar até quando for possível, no mínimo até os oitenta anos”, disse a atleta, que leva não apenas mais um bronze para coleção, nos 100 metros livre, mas também a certeza de que a vitória está além das piscinas e de que, a cada nova edição dos Parajasc, ela estará lá recebendo medalhas que simbolizam todas as suas conquistas na vida.

Os resultados da natação deverão ser homologados pela Fesporte até a manhã de domingo, 14, último dia de competições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here