Hexacampeão do esporte e da vitalidade

0
67
Presidente da Fespote, Natália Lúcia Petry, entrega premiação de campeão para o basquete em cadeira de rodas de Joinville (Foto: Roberto Dias Borba)

Por Roberto Dias Borba

A sexta conquista de Joinville no basquete em cadeira de rodas dos Parajasc está diretamente ligada com a trajetória esportiva e de vida de Wilson Pinheiro. Desde a formação da equipe, através do Cepe, em 1993, o atleta está presente no cotidiano desta modalidade. Particularmente, ele está acompanhando seguidas transformações que trazem benefícios pessoais e também para os cadeirantes.

Ao sair de Lages, em 1990, Wilson conheceu diversos esportes, incluindo atletismo, natação e também o halterofilismo. No entanto, três anos depois, ele diz que conheceu o basquete. “Foi uma paixão à primeira vista,” relembra com emoção. E também tem na lembrança quando a professora Sinara, antecessora de Aninha Teixeira, levou a equipe para a primeira competição interestadual – a 3ºª Divisão, em Belo Horizonte.

Retroceder nos quase 16 anos da formação da equipe, segundo Wilson, é possível comparar as dificuldades enfrentadas no passado com as facilidades que os deficientes físicos têm à disposição no presente. “Sentia certa dificuldade até para conseguir emprego, além da falta de acessibilidade,” descreve.

A conquista de espaço também ocorreu fora das quadras. “Hoje o deficiente é bem visto,” comprova. Funcionário da montadora BMW, em Araquari, Wilson participa do grupo de empregados que pretende justificar a importância do esporte além das atividades profissionais.

Aos 44 anos, Wilson Pinheiro tem planos para completar no início do segundo semestre do ano que vem o curso técnico de mecânica industrial veicular. Logo depois espera colocar em prática outro sonho, que é chegar ao ensino superior e passar a ser acadêmico de educação física.

O sexto título seguido de Joinville no basquete em cadeira de rodas dos Parajasc para Wilson Pinheiro é o “resultado do trabalho de um ano todo”.

Joinville conquistou o sexto título de forma invicta ao vencer Brusque por 73 a 42. Florianópolis completou o pódio, com o terceiro lugar.

Basquete em cadeira de rodas

1º Joinville

2º Brusque

3º Florianópolis

4º Balneário Camboriú

5º Concórdia

6º Blumenau

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here