AFESC busca mecanismos de ajuda para as federações filiadas

Lei 13.019/2014 impede que federações possam ser beneficiadas, especialmente com recursos público.

0
648
Lideranças esportivas expuseram uma série de necessidades para melhorar o desenvolvimento e prática do esporte em SC. Foto: Júlio Castro/Cifesc

       Federações filiadas à Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (AFESC) foram recebidas na manhã desta quinta-feira (15) na antiga sede do Conselho Estadual de Esportes (CED-SC). Na pauta do encontro, um reforço das federações no sentido de alinhar maneiras de auxílio para a manutenção de suas atividades anuais. Discussões quanto a política de governo para utilização dos recursos públicos, bem como a sessão de infraestrutura física pertencente ao governo que pode ser cedido eventualmente às federações para o desenvolvimento de suas competições.

     Não é a primeira vez que que a AFESC, por meio de seus dirigentes esportivos pleiteia auxílio para a manutenção das atividades de suas filiadas. Com a presença do presidente do CED-SC Alexandre Back Monguilhotti, a reunião teve como resultado a proposta de elaboração de um documento oficial que vai enumerar os anseios das federações. O pleito será entregue aos representantes governamentais que tenha relação direta com a promoção do esporte.

Uma das questões elencadas tratou do impedimentos que regem a Lei Federal 13.019/2014 que trata das normas gerais para as parcerias voluntárias, envolvendo ou não a transferência de recursos financeiros entre a administração pública e as organizações da sociedade civil em regime de mútua cooperação para a consecução de finalidades de interesse público.

A comissão de rendimento, ligada ao CED-SC, também participou do encontro a se comprometeu, por meio de seu presidente Sérgio Luis Schlemper a ajudar na busca de maneiras de minimizar as dificuldades das federações. “Foi uma reunião muito proveitosa. Mostramos nossa importância para o esporte catarinense e esperamos que tenhamos uma contrapartida de forma legal para nossas filiadas”, analisou o presidente da AFESC Fred Leite. A Fesporte foi representada pelo conselheiro Dárcio de Saules, que também é diretor de esporte da entidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here