Curta Mais Floripa impacta meio milhão durante a temporada

Do Norte ao Sul da Ilha, foram 46 eventos realizados em 22 bairros e comunidades.

0
69
Sucesso da versão 2021/22 do projeto ficou e evidenciado pela participação e interação de milhares de participantes. Foto/montagem/Afesc

O Projeto Curta Mais Floripa, fundamentado na promoção de atividades esportivas, culturais e recreativas consolidou-se como o maior evento multidesportivo já realizado na Capital catarinense. Voltado às comunidades de diferentes regiões de Florianópolis, o Curta Mais Floripa impactou, durante quatro meses, entre atletas, público participante e aqueles que de alguma forma interagiram com o programa de suas ações, cerca de meio milhão de pessoas. 

Originalmente concebido no período pré-pandemia, a terceira edição do Curta Mais Floripa 2021/22 atravessou o período crítico da crise sanitária sem abrir mão dos critérios de segurança. Adotou e colocou em prática todos os protocolos governamentais que pudessem impedir a propagação do Covid-19.

E ao adotar o codinome “Verão da Virada”, o projeto foi um desafio bem sucedido, justificado pela necessidade de dar à comunidade o lazer e a diversão sem que a cidade parasse para as pessoas que aqui vivem e daqueles que usufruem do que ela tem de melhor.

                Um verão marcante e recheado de atrações para todos os gostos. A iniciativa movimentou cerca de 15.000 praticantes e simpatizantes em 16 modalidades esportivas e em atividades culturais que caracterizaram cada final de semana. Foram 46 eventos marcados pela plena satisfação de seus participantes. Do Norte ao Sul da Ilha e na região continental, 22 bairros e comunidades foram contempladas com diversas atrações.

                Disputas que dosaram o rendimento com participação nas areias, no mar, nos campos e praças, foram constantes especialmente nas praias onde, além da população fixa da Capital, os turistas de temporada participaram significativamente das atividades.

                Para o idealizador do projeto, o presidente da Associação das Federações Esportivas de Santa Catarina (Afesc) Frederico Leite, o Curta Mais Floripa foi um marco para a comunidade florianopolitana. Segundo ele, o sucesso da iniciativa só foi possível com o apoio da Prefeitura de Florianópolis.

“Os agentes públicos entenderam a necessidade de movimentar o verão da Capital de uma forma diferente. Visionários por natureza e sensíveis às necessidades das comunidades e o público em geral, foram pontuais em todos os sentidos”, comentou, ao citar o secretário de cultura, esporte e lazer Ed Pereira e o prefeito Gean Loureiro.

Referência, também, aos parceiros comerciais e institucionais do projeto. Para Fred Leite, não há como negar a importância dos patrocinadores. Foram participações ímpares e, segundo ele nada se constrói sem apoio.

“O Curta Mais Floripa, apresentado pelos Supermercados Imperatriz e a Cerveja Corona, com patrocínio do Floripa Airport e o Colégio Santa Terezinha, o apoio da prefeitura de Florianópolis e as parcerias que adotamos com a rede de comunicação NDTV e a Rádio Magia FM foram imprescindíveis para o sucesso do evento”, salientou.

Ele acrescentou, ainda que o vínculo comercial e institucional destes parceiros, junto ao projeto, contribuiu significativamente para a fixação das marcas e valorização de seus produtos e serviços junto a diferentes segmentos e setores da cidade.

Curta Mais Floripa 2021/22

Modalidades contempladas:

Ciclismo (bike point), natação, vôlei de praia, beach tênis, pesca, futevôlei, beach soccer, futmesa, surf, altinha, pole sport, remo, bodyboardig, corrida (Night Run).

Localidades contempladas:

Itacorubi, Tapera, Lagoa da Conceição, Beira Mar Norte, Beira Mar Continental, Canasvieiras, Joaquina, Ingleses, Barra da Lagoa, Brava, Cachoeira do Bom Jesus, Moçambique, Campeche, Matadeiro, Armação do Pântano do Sul, Centro, Santinho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here